Domingo
19 de Setembro de 2021 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,31 5,31
EURO 6,23 6,23

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

João Pessoa: Seplan amplia equipe para prestar melhor serviço na emissão e fiscalização de alvarás

Prestar um melhor serviço. É com esse propósito que a Secretaria de Planejamento de João Pessoa (Seplan) ampliou a equipe que trabalha diretamente com a emissão e fiscalização de alvarás para reforma, construção e ampliação de imóveis na cidade. A Diretoria de Controle Urbano da Seplan ampliou as equipes de analistas de processos e fiscais, firmando ainda parcerias com outros órgãos. As novas medidas agilizam a tramitação e a liberação dos processos.  “Nessa gestão melhoramos a nossa equipe, além de firmamos uma parceria importante com o Corpo de Bombeiros, que envia, dois dias na semana, oficiais ao Centro Administrativo para analisar processos, colaborando para agilizar essa tramitação”, explica a diretora do setor, Geórgia Martins. Alguns passos são necessários para quem quer construir, ampliar ou reformar, mas recomenda-se começar providenciando a documentação necessária junto à Prefeitura de João Pessoa para a emissão do alvará, além de contratar profissionais capacitados. Geórgia Martins orienta que é imprescindível encaminhar o alvará de construção, de reforma ou ampliação antes de dar início às obras. “O documento é a garantia que a obra de reforma ou construção pode ser feita com segurança, dentro da legislação urbanística do município, além de atender as normas técnicas de engenharia. Fazer a obra sem alvará pode render uma multa e até a interdição das atividades”, explica. Após recebido o alvará, é importante o dono do imóvel seguir as linhas gerais do projeto aprovado pelos técnicos da Seplan. A ausência do alvará ou a realização de intervenções que não constem no projeto aprovado, posteriormente, pode resultar na necessidade de regularização do imóvel. “Em situações de venda, financiamento ou regularização no cartório, por exemplo, o imóvel deverá passar por uma avaliação técnica para ser regularizado junto à Prefeitura, obrigatoriamente. A taxa de regularização é cerca de 50% mais cara do que a emissão do alvará. Além disso, se o imóvel estiver fora das normas técnicas de engenharia, estará passível de multa. Muitas vezes pode ser necessário contar com a aprovação do vizinho para regularizar alguma intervenção feita fora das normas e, em casos extremos, pode resultar em demolição”, ressaltou a diretora. Como fazer – Para solicitar o alvará, o usuário deve se dirigir ao Centro Administrativo Municipal (CAM) e dar entrada no processo físico no Protocolo Geral. No local, o usuário recebe as orientações de como dar os próximos passos. O atendimento ao público é das 9h às 14h. A taxa para a retirada do alvará é calculada pelo metro quadrado e pela Unidade Fiscal de Referência (UFIR). O tempo para recebimento do documento depende da complexidade e particularidades de cada projeto. Pandemia – A equipe de fiscalização segue as atividades, respeitando os protocolos de segurança para a prevenção à Covid-19. Além disso, a Seplan também recebe denúncias por meio do 3218-9000 ou 3218-9172, ou presencialmente no Centro Administrativo Municipal (CAM), bairro de Água Fria.
30/07/2021 (00:00)
Visitas no site:  1369277
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.