Quinta-feira
24 de Junho de 2021 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,95 4,95
EURO 5,92 5,92

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

Em vídeo, ganhador do Nobel Ramos-Horta destaca relevância do seminário Diálogos pela Paz e Justiça

​​​Ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1996 pelos esforços que levaram ao fim dos conflitos no Timor-Leste, o ex-presidente do país, José Ramos-Horta, destacou a importância do seminário virtual Diálogos pela Paz e Justiça, que será realizado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e pela Embaixada da Paz no próximo dia 27, das 8h30 às 11h30 (horário de Brasília).Segundo Ramos-Horta, o tema da paz e da justiça é "muito importante e oportuno", e os debates a respeito perpassam "qualquer sociedade, em qualquer tempo". Ele comentou que o evento reunirá várias personalidades, como o ativista indiano Kailash Satyarthi, conhecido por sua luta contra o trabalho infantil e também laureado com o Nobel da Paz. Clique na imagem para ver a mensagem de José Ramos-Horta.  Pain​​elistasO seminário virtual terá transmissão ao vivo no canal do STJ no YouTube e oferecerá certificado para quem fizer inscrição e registrar presença no dia do evento.  Na abertura do seminário, estarão presentes o presidente do STJ, ministro Humberto Martins; o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux; e a embaixadora da paz, Maria Paula Fidalgo.O primeiro painel será presidido pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho Lélio Bentes Corrêa e terá como painelistas Ramos-Horta e Kailash Satyarthi. O segundo painel, também presidido por Lélio Bentes Corrêa, contará com a participação do ministro do STF Dias Toffoli e do ministro do STJ Herman Benjamin.Lide​​rançasChanceler, primeiro-ministro e presidente do Timor-Leste de 2001 a 2012, José Ramos-Horta foi um dos principais líderes da resistência timorense durante a ocupação pela Indonésia entre 1975 e 1999. Os seus esforços em organismos internacionais, como as Nações Unidas, e a mobilização da opinião pública internacional contribuíram decisivamente para a resolução do conflito. Por essas razões, Ramos-Horta foi laureado com o Prêmio Nobel da Paz, ao lado do bispo católico Carlos Filipe Ximenes Belo.Kailash Satyarthi atua no movimento indiano contra o trabalho infantil desde a década de 1990. Sua organização, a Bachpan Bachao Andolan, agiu para retirar milhares de crianças e adolescentes de persas formas de condições análogas à escravidão, dando-lhes oportunidades de acesso ao ensino e a condições dignas de vida. Ele pidiu o Prêmio Nobel da Paz de 2014 com Malala Yousafzai.​​
13/05/2021 (00:00)
Visitas no site:  1262921
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.