Segunda-feira
28 de Maio de 2018 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,66 3,66
EURO 4,27 4,27

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

Via Legal: Justiça proíbe o INSS de fixar idade mínima para reconhecer tempo de serviço de contribuição

Hoje a idade mínima para trabalhar no Brasil é de 16 anos ou de 14 para menor aprendiz. Mas entre a população mais velha é comum achar brasileiros que começaram mais cedo. A novidade que o Via Legal desta semana mostra é que o INSS não pode mais fixar idade mínima para reconhecer tempo de serviço de contribuição, para efeito de aposentadoria. A decisão da Justiça Federal no Rio Grande do Sul vale para todo o país. Mas ainda cabe recurso. Veja a que ponto chega a ousadia de pessoas, fora da lei, para manter o contrabando no Brasil. Um homem de Goiás foi flagrado na estrada usando um radioamador no carro. Ele ouvia a frequência da Polícia Rodoviária Federal para tentar fugir da fiscalização. Só que desta vez não deu certo. Ele foi pego e condenado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A nova legislação, que entrou em vigor em abril, endureceu a pena para crimes de trânsito. O motorista que matar alguém, ou deixar alguém gravemente ferido quando estiver dirigindo alcoolizado poderá ser preso e cumprir pena maior. No interior de São Paulo, além de ser flagrado dirigindo bêbado, um motorista estava com carteira de habilitação falsa. Ele foi julgado e condenado pela Justiça Federal. O país tem mais de 5.500 municípios e a grande maioria sobrevive, basicamente, com recursos do FPM, que é o Fundo de Participação dos Municípios. O valor enviado pelo governo federal para cada cidade é calculado de acordo com o número de habitantes, definido pelo Censo do IBGE, realizado a cada dez anos. Em Pernambuco, a cidade de Cumaru recebeu menos verba porque a população teria diminuído, de acordo com o último Censo. A prefeitura entrou na Justiça para pedir a revisão dos números, mas não conseguiu. O Tribunal Regional Federal da 5ª Região entendeu que as estatísticas do IBGE estavam corretas e por isso não deveriam ser refeitas. O Via Legal é produzido pelo Conselho da Justiça Federal em parceria com os Tribunais Regionais Federais. O programa é exibido nas TVs Cultura, Justiça, Brasil, além de outras 19 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela internet: www.youtube.com/programavialegal.
16/05/2018 (00:00)
Visitas no site:  347586
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.