Segunda-feira
28 de Maio de 2018 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,66 3,66
EURO 4,27 4,27

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

TRF4 e TJSC firmam convênio para uso do eproc pelo Judiciário catarinense

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) firmaram hoje (16/05) termo de cooperação para uso, pelo Judiciário catarinense, do sistema de processo eletrônico (eproc) desenvolvido pela Corte federal. O convênio foi assinado em meio digital pelo presidente do TRF4, desembargador federal Thompson Flores, pelo vice-presidente do TJSC, desembargador Moacyr Moraes Lima Filho, e pela diretora do Foro da Justiça Federal em Santa Catarina, juíza federal Claudia Maria Dadico. O presidente do TJSC, desembargador Rodrigo Collaço, governador do Estado em exercício nesta data, estava presente à sessão. Em sua manifestação, Thompson Flores ressaltou que o eproc é público e gratuito, além de ter sido criado e aperfeiçoado por equipe técnica do TRF4. “É uma tecnologia nova, que muda hábitos e nossa própria forma de compreensão e manuseio do processo”, disse. O coordenador do eproc, juiz federal Sérgio Renato Tejada Garcia, compareceu ao ato, assim como o desembargador federal Paulo Afonso Brum Vaz, que integra a Turma Suplementar do TRF4 em Santa Catarina. Para Lima Filho, a cooperação representa “significativa contribuição para o jurisdicionado, por ser uma ferramenta simples e de fácil acesso”. O vice-presidente afirmou ainda que o convênio integra uma das “premissas da atual administração: julgar mais e melhor”. Inicialmente, o sistema será usado de forma experimental pela Vara da Fazenda Pública de Palhoça, na região metropolitana de Florianópolis. A mesa também foi composta pela vice-presidente do TRF4, desembargadora federal Maria de Fátima Freitas Labarrère, pelo corregedor regional, desembargador federal Ricardo Teixeira do Valle Pereira, pelo corregedor-geral de Justiça Henry Petry Júnior, pelo procurador de Justiça Durval da Silva Amorim, pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Estado, Paulo Marcondes Brincas, e pela presidente da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), juíza Jussara Schittler dos Santos Wandscheer.
16/05/2018 (00:00)
Visitas no site:  347590
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.