Segunda-feira
19 de Agosto de 2019 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,99 3,99
EURO 4,43 4,43

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

Ordem gaúcha promove debate sobre a MP da Liberdade Econômica

Na manhã da última sexta-feira (19), a OAB/RS promoveu o evento “Palestra sobre a MP da Liberdade Econômica” para discutir a MP 881, que atualmente tramita na Câmara de Deputados, no OAB/RS Cubo. Na abertura da palestra, o presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, agradeceu a presença dos palestrantes e reiterou o papel da instituição no debate “público no tema da PEC da Liberdade Econômica. A OAB/RS não vai esquivar do debate que tenha esse viés voltado à cidadania e qualquer alteração de ordem econômica resultará em um impacto direto em toda a sociedade, por isso estamos aqui reunidos”, afirmou. Na ocasião, participaram e palestraram ao público o Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, e o deputado federal relator da medida na Câmara, Jerônimo Goergen, para discursar acerca de pontos do texto proposto e de suas implicações na sociedade. O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/RS), Pedro Alfonsin, mediou o evento. A diretora-geral da Escola Superior da Advocacia da OAB/RS (ESA/RS), Rosângela Herzer, agradeceu a oportunidade de a escola receber mais um evento de grande relevância social: “Somos uma escola aberta ao conhecimento e, principalmente, ao debate. A sociedade e a advocacia já discorreram aqui, anteriormente, a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista, e continuará de portas abertas para todas as alterações que impactarão a vida de todos”. Alfonsin deu seguimento ao debate e reiterou que: “o principal protagonista do Estado democrático de direito é o cidadão, e uma medida, como essa proposta, é essencial para que a cidadania tenha pleno conhecimento de seu texto. A Ordem possui persas comissões temáticas aqui presentes para pensar, junto de Paulo Uebel e de Jerônimo Goergen, em alterações e melhorias para o texto visando, sempre, ao melhor para a sociedade”. O deputado relator da matéria, Ricardo Goergen, afirmou que a proposta visa a facilitar os trâmites diários da população “facilitando a abertura de empresas e novos trabalhos. Visamos a remover trabalhadores da informalidade e intervir apenas quando for necessário para a segurança da população, removendo obrigações que julgamos desnecessárias e impeditivas ao trabalho formal”. Uebel, responsável pelo texto originalmente proposto para a Câmara, destacou os norteadores da MP para a proposição do governo: “buscamos desinibir as atividades de baixo risco, prover maior liberdade de horários aos trabalhadores e empresas, buscar uma atuação estatal mais confiável através de fixação de prazos para emissão de alvarás, por exemplo”. Após as falas, foi aberto o debate, para que os presidentes e membros de comissões da OAB/RS presentes à ocasião discorressem sobre o texto e fizessem questionamentos aos palestrantes. Presenças Também compuseram a mesa: o secretário de serviços urbanos de Porto Alegre, Rámiro Rosário; o vereador de Porto Alegre, Ricardo Gomes; o diretor da Escola da Advocacia-Geral da União, Eugênio Battesini; a conselheira da Escola Superior de Magistratura da AJURIS, Maria Cristina Perez; o desembargador do TJ/RS, Fransisco José Moesch. Também estiveram presentes à palestra: a secretária-geral da CAA/RS, Neusa Bastos; a diretora de cursos da ESA/RS,  Maria Felten; o presidente da Comissão do Jovem Advogado, Antonio Zanette; o presidente da Comissão Especial de Falências e Recuperação Judicial, Roberto Martins; o presidente da Comissão Especial de Arbitragem, Ricardo Ranzolin; o presidente da Comissão Especial de Relações Internacionais e Integração do Mercosul, Rodrigo Prestes; e o presidente da Comissão Especial do Direito Agrário e do Agronegócio, Ricardo Alfonsin.  
19/07/2019 (00:00)
Visitas no site:  489183
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.