Terça-feira
21 de Maio de 2019 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,11 4,11
EURO 4,58 4,59

Previsão do tempo

Hoje - Curitiba, PR

Máx
23ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Curitiba, PR

Máx
24ºC
Min
16ºC
Poss. de Panc. de Ch

Quinta-feira - Curitiba, PR

Máx
19ºC
Min
15ºC
Pancadas de Chuva a

Sexta-feira - Curitiba, PR

Máx
15ºC
Min
11ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Campo Mourão, PR

Máx
25ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Campo Mourão, PR

Máx
27ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Campo Mourão, PR

Máx
20ºC
Min
12ºC
Pancadas de Chuva a

Sexta-feira - Campo Mourão, PR

Máx
12ºC
Min
8ºC
Nublado com Pancadas

Hoje - Maringá, PR

Máx
27ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Maringá, PR

Máx
28ºC
Min
17ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Maringá, PR

Máx
20ºC
Min
14ºC
Pancadas de Chuva a

Sexta-feira - Maringá, PR

Máx
15ºC
Min
8ºC
Nublado com Pancadas

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

Hora noturna reduzida garante a empregado intervalo de 60 minutos

Com a hora noturna de 52m30s, a jornada superou seis horas, o que alterou o intervalo. A Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Rampinelli Alimentos Ltda., de Forquilhinha (SC), a pagar horas extras a um empregado por não conceder de forma integral o repouso de 60 minutos após a jornada de seis horas. Para tanto, a Turma considerou que o turno, cumprido integralmente à noite, era superior a seis horas noturnas. Hora noturna A hora noturna equivale a 52m30s, nos termos do artigo 73, parágrafo 1º, da CLT. De 2011 a 2014, o empregado trabalhou das 22h às 4h com intervalo de 15 minutos, conforme prevê o artigo 71, parágrafo 1º, da CLT para jornadas entre quatro e seis horas. Na reclamação trabalhista, ele alegou que o repouso deveria ser de 60 minutos, uma vez que o turno era superior a seis horas noturnas. Nos juízos de primeiro e segundo grau, o pedido de pagamento de horas extras pela supressão parcial do intervalo foi julgado improcedente. O Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região concluiu que a hora reduzida repercute somente na apuração do adicional noturno, mas não na definição do intervalo intrajornada. Segundo o TRT, o empregado prestava serviço por apenas seis horas de 60 minutos cada, com direito a descanso de 15 minutos. Redução ficta O relator do recurso de revista do empregado, ministro Emmanoel Pereira, aplicou ao caso entendimento da Subseção I Especializada em Dissídios Inpiduais (SDI-1), órgão unificador da jurisprudência das Turmas do TST. De acordo com a SDI-1, deve ser considerada a redução ficta da hora noturna para a definição do intervalo intrajornada. “O trabalho em período noturno é mais desgastante e prejudicial à saúde e à interação social e familiar”, assinalou o ministro. De acordo com os precedentes citados pelo relator, a hora noturna é uma “ficção legal” que tem por objetivo propiciar ao empregado uma duração menor do tempo de trabalho em razão do desgaste motivado pelo horário, e essa redução não pode ser desconsiderada na fixação do intervalo intrajornada. Desse modo, o empregado sujeito à jornada de seis horas, mas que trabalha em horário noturno, tem direito ao intervalo intrajornada de uma hora, e não de 15 minutos. A decisão foi unânime.  (GS/CF) Processo: RR-4011-20.2014.5.12.0003
14/03/2019 (00:00)
Visitas no site:  436982
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.