Sexta-feira
21 de Setembro de 2018 - 

Acompanhar Processos

Cliente, insira seu e-mail e senha para ter acesso a informações de seu Processo

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,13 4,14
EURO 4,83 4,83

Notícias

Newsletter

Cadastre aqui se deseja receber informações periódicas sobre nossas atividades.

Contato

Avenida Advogado Horácio Raccanello Filho 6326 Sala 05
Novo Centro
CEP: 87020-035
Maringá / PR
+55 (44) 8805-5442+55 (44) 3029-9373

Anape participa da primeira reunião da ação 5/2018 da Enccla

A Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape) participou da primeira reunião da Ação 5/2018, da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla). O encontro ocorreu na última terça-feira, 13, na sede do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, em Brasília. A Anape foi representada pelos procuradores estaduais Marcos Vieira Savall e Rafael Santos de Barros Silva. Marcos Vieira Savall explicou que a Ação 5 pretende elaborar medidas voltadas ao combate à corrupção privada, com apresentação de propostas de alterações normativas e de punições que não ficam restritas ao âmbito criminal. “Também será fomentada a criação de regras de compliance em entidades privadas, para o combate à corrupção privada por meio da indicação de diretrizes sobre programas de integridade”, acrescentou. O grupo de trabalho formado para analisar a temática aprovou, durante o encontro, o plano de trabalho para 2018, com a respectiva apresentação do cenário internacional. Foi discutido ainda o teor e andamento de proposições legislativas existentes sobre a matéria (inclusive o PLS 445/2016), bem como foram dadas informações sobre iniciativas anteriores a da Enccla sobre o tema. “Vivemos um momento em que a corrupção causa profunda ruptura democrática, por isso a Anape se coloca como protagonista na discussão de temas tão importantes para o futuro do país”, ressaltou o procurador Marcos Vieira. A Ação 5 da Enccla foi proposta pelo Instituto Brasileiro de Direito Empresarial (Ibrademp) e é coordenada pelo Ministério Público Federal. Além da Anape, também participam da ação a Abin, ADPF, AGU, Ajufe, Ampcon, ANPR, BCB, Bndes, Cade, CGE/MG, CGM/SP, CGU, CJF, Conaci, CVM, Drei/Sempe, Febraban, Gncoc, Mdic, MPDFT, MP/GO, MP/PR, MPT, PF, PGFN, PG/DF, Rede, Previc e Susep.
Visitas no site:  375997
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.